“Well-run libraries are filled with people because what a good library offers cannot be easily found elsewhere: an indoor public space in which you do not have to buy anything in order to stay.” Zadie Smith

domingo, 30 de maio de 2010

sábado, 29 de maio de 2010

18ª JORNADAS DE BIBLIOTECAS INFANTIS, JUVENIS E ESCOLARES DA FSGR


Começaram no dia 27 e terminaram hoje, 29 de maio, estas Jornadas, organizadas pela Fundación Germán Ruiperez Sanchez, em Salamanca. "El eBook y otras pantallas: nuevas formas, posibilidades y espacios para la lectura" foi o tema abordado e debatido ao longo das sessões. A conferência inaugural foi proferida pelo catedrático Antonio Rodriguez de las Heras e, brilhantemente, discorreu em torno desta questão central: "Migração digital da cultura livresca" Vamos deixar aqui algumas das interrogações, algumas das linhas de pensamento expressas e começamos por estas palavras do filósofo:

Pero para entender el fenómeno sin caer en la visión de la fractura es necesario desprenderse de muchos elementos accesorios, pero que sin embargo nos parecen hoy insustituibles, de nuestra tradición cultural basada en el libro de papel. Cuesta trabajo aceptar, por difícil de imaginar, el paso del libro de papel al libro de arena. [...] Lo primero de todo será ver qué queremos decir cuando decimos “libro”.

Queremos significar:

el libro como soporte para vencer el tiempo y la distancia,

el libro como espacio de lectura,

el libro como artefacto para manejar un texto,

el libro como resultado de un acto de escritura,

el libro como una obra debida a un autor o a unos autores,

el libro como un texto en tus manos y para tus ojos.

Estas seis maneras de entender y de usar el libro, estas seis interpretaciones por las que decimos “libro”, van a ser nuestro hilo conductor para no perdernos en la metamorfosis del libro y conseguir reconocer el libro en un libro de arena, aunque en nada se parezca al libro de papel del que partimos.

BILL & MELINDA GATES FOUNDATION E AS BIBLIOTECAS

Access to the Internet can change people’s lives.

The Internet provides opportunities for people to improve their lives. When people go online, they can get health information, use government services, manage finances, look for jobs, do research for school and work, and keep in touch.

For most people in developing and transitioning countries, quality Internet access is not available or affordable. There is a great inequality in the global distribution of information technology. Worldwide, approximately 5 billion people—nearly 90 percent of the world’s population—do not have an opportunity to use computers connected to the Internet.

Public libraries can offer free Internet access and computer training. Where library systems already exist, libraries can provide a central location where people can use computers, access the internet free of charge, and get guidance and training from staff members. But for many libraries, it can be difficult to get connected or stay connected to the internet. In a transitioning country like Romania, only 411 computers in all 2,933 public libraries were connected to the Internet as of 2008.

In developing and transitioning countries, most people have no way to reach the Internet on their own.Some countries may not have a library system in place. Supplying electricity may be a challenge for others. In other places there are no regional suppliers of high-speed Internet connections. Even in places that have Internet cafes and similar fee-based businesses, Internet services are often very expensive.

We’re working to narrow the digital divide in ten countries around the world.

A BARNET LIBRARY JÁ EMPRESTOU 1000 E-BOOKS


Cerca de mil e-books já foram emprestados da Biblioteca de Barnet, no norte de Londres, desde que o serviço de empréstimo de obras digitais começou em fevereiro. Os usuários fazem o login no site da biblioteca, depois o download gratuito do software e então têm acesso a cerca de mil títulos que podem ser lidos em vários tipos de aparelhos, incluindo alguns tipos de tocadores de MP3, ou salvá-lo em CD. Podem ser emprestados 10 títulos por vez e o prazo do empréstimo é de três semanas. A biblioteca planeja adquirir mais audiolivros e mais e-books. [via A Informação]
A Barnet Library pode ser acedida por aqui.

OS 1000 SITES MAIS VISITADOS DE ACORDO COM O GOOGLE


A Google divulgou hoje uma lista com os mil sites mais visitados da Web. Chamado de Ad Planner Top 1000 Sites, o relatório tem em consideração apenas visitantes únicos que usaram o serviço de buscas para chegar ao seu destino.

Como de costume, o Facebook está no topo da lista. Com 540 mil visitantes únicos - um alcance global de 35% - , o Facebook atingiu, em Abril, 570 mil milhões depageviews.

Entre as redes sociais, o Twitter aparece na 18º colocação, seguido do MySpace, na 26,º e do Flickr, na 31º posição. Não há qualquer site português nesta lista - pelo menos nós não o encontrámos.

Este relatório é publicado mensalmente.

A lista completa pode ser vista aqui.

ANIMA-TE A LER!

Um conjunto muito interessante de cartazes argentinos, com vista à promoção da leitura. Foram publicados no blogue Biblioteca Adolfo Saldías e divulgados pelo Pinzellades al món.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

MELHORES LIVROS INFANTO-JUVENIS EM 2009 PREMIADOS

O Ministério da Cultura espanhol premiou 3 livros (categoria infanto-juvenis) e, em 3º lugar, ficou um livro de duas portuguesas: Isabel Minhós Martins e Madalena Matoso. O livro foi editado pela prestigiada OQO Editora. parabéns às duas!!

El Ministerio de Cultura concedió el pasado 20 de mayo los Premios a los Libros Mejor Editados durante el año 2009. Estos premios no tienen dotación económica pero son muy valorados por los editores al ser expuestos en las principales Ferias Internacionales del Libro. Los premiados en la categoría de Libros Infantiles y Juveniles han sido:Primer Premio: Una aldea en tiempos del Románico, de Jaime Nuño González y Chema Román, editado por Centro de Estudios del Románico. Fundación Santa María la Real.Segundo Premio: ¡Cuántas gotas en la ciudad!, de Eva Montanari, editado por OQO Editora.Tercer Premio: Los mil blancos de los esquimales, de Isabel Minhós Martins y Madalena Matoso, editado por OQO Editora.

UM POUCO DE HUMOR...


[via BSF]

quinta-feira, 27 de maio de 2010

A VERSÃO 2009 DA ALA PARA AS BIBLIOTECAS


Este é novo símbolo da ALA para as bibliotecas. O anterior representava um leitor de livros...

terça-feira, 25 de maio de 2010

NOVO LIVRO DA PLANETA TANGERINA


Uma colcha de retalhos cheiinha de histórias...uma delícia este novo livro de Isabel Minhós Martins e ilustrações de Yara Kono.

TODOS TÊM DIREITO A UMA BIBLIOTECA FANTÁSTICA!



E o que é uma BIBLIOTECA FANTÁSTICA?
- É aquela que coloca os interesses dos utilizadores no centro das suas preocupações;
- É aquela que faz dos seus utilizadores, co-criadores;
- É aquela que inova permanentemente;
- É aquela que usa ferramentas de partilha que a web 2.0 nos põe ao dispor;
- É aquela que indaga, entrevista, inquire os gostos, as tendências, as necessidades dos utilizadores;
- É aquela que não discrimina os utilizadores;
- É aquela que cria ambientes agradáveis, apelativos,
- É aquela que assume que as mudanças são demasiado rápidas e as respostas devem ser, igualmente, ráoidas.
Como fazer? Fazendo, falhando, refazendo, repensando, cooperando, partilhando, agindo!

sábado, 22 de maio de 2010

ARTE COM LIVROS (2)



Duas esculturas-metáforas: a estante com a forma matemática do infinito e a bomba-de -combustível-que-é-a-leitura. Peças do artista holandês Job Koelewijn.

GOOGLE TV

"...what if we helped people experience the best of TV and the best of the web in one seamless experience? Imagine turning on the TV and getting all the channels and shows you normally watch and all of the websites you browse all day — including your favorite video, music and photo sites. We’re excited to announce that we’ve done just that." Ler +

É um 'ovo de Colombo'!! A televisão continua à frente de qualquer outro canal de entretenimento e informação; o Google lidera as pesquisas na internet. Logo, TV+Google= GOOGLE TV!! Simple, isn´t it?

MENTIRAS UNIVERSAIS...

[via Webmania]

sexta-feira, 21 de maio de 2010

V ENCONTRO OIERAS A LER (2)



O Encontro começou hoje e teve algumas comunicações bastante interessantes. Alguns dos presentes 'difundiram' através do Twitter (#5eol) e se aí acederem terão os conteúdos abordados. Deixo aqui a indicação do blogue de Sheila Webber, vários serviços da Aarhus Library para os mais jovens - BiB-Phone, Youth Services Corner, e o Oeiras Internet Challenge que surge como uma inovadora estratégia para atrair jovens à biblioteca de Oeiras e desafiá-los a aprender a pesquisar, avaliar informação (literacia da informação en formato 'lúdico').
O auditório podia estar mais cheio...A crise explica tudo?

quinta-feira, 20 de maio de 2010

COM SAUDADES DO PASSADO?

Alguns (ainda) pensam assim...

V ENCONTRO OIERAS A LER

Realiza-se mais uma edição destes Encontros, nos dias 20 e 21, na BM de Oeiras. Programa:

20 de Maio

09.30 Recepção e entrega da documentação


10.00 Sessão de abertura


10:30 Sheila Webber (Universidade de Sheffield – Reino Unido)
"Information Literacy for the 21st Century Life"
Moderador: José Mário Silva


11.30 Mette Kirkegaard Jensen (Biblioteca Pública de Aarhus - Dinamarca)
“Family Play’s / Children Interactive Library”
Moderador: José Mário Silva


12.30 Debate


14.30 Luís Pereira (Universidade do Minho - Portugal)
Contributos dos videojogos para a literacia dos media
Moderador: Mafalda Lopes da Costa


15.30 Pausa para café


16.00 António Navarro, Maria José Amândio (RBMO – Portugal)
Apresentação do projecto “Oeiras Internet Challenge”
Moderador: Mafalda Lopes da Costa


17.00 Debate



21 de Maio



10:00 Workshop A – Teresa Silveira
Born Digital: os novos leitores


10.00 Workshop B – Ana Fontoura Pires
Ferramentas 2.0 para Ideias 2.0


10.00 Workshop C – João Correia de Freitas
Redes educacionais



14.30 Patrícia Gouveia (Universidade Lusófona - Portugal)
Literacia dos media e artes digitais


Moderador: Carlos Pinto Coelho


15.30 Pausa para café


16.00 Juan Mata (Universidade de Granada - Espanha)
Del teclado a los ojos: nuevos caminos para viejos sueños


Moderador: Carlos Pinto Coelho


17.00 Debate


17.30 Sara Pereira (Universidade do Minho)
Apresentação das conclusões


18.15 Encerramento


segunda-feira, 17 de maio de 2010

"ONE BOOK, ONE TWITTER" - UM GRANDE CLUBE DE LEITURA?


E se o Twitter pudesse ser usado para organizar um Clube de Leitura com centenas, milhares de leitores a lerem e a comentarem um mesmo livro? Neil Gaiman e a sua obra "American Gods" foi escolhido para este projecto - ONE BOOK, ONE TWITTER - lançado pelo editor Jeff Howe, este mês.
Don't believe what you read, says author and editor Jeff Howe. "The Internet is not destroying literature." If anything, he argues, "the new medium could breathe new life into a few old ones." To prove his point, earlier this month Howe kicked off "One Book, One Twitter," which Howe hopes will become "the largest collective reading exercise in history. "This summer, thousands of people from all over the world are reading Neil Gaiman's 'American Gods.' They will then discuss the book using Twitter, a new-fangled technology that's doing for the epigram what Anne Frank did for diaries."
One Book, One Twitter launched on May 4 (now on Twitter at @1B1T2010 with 7,600+ followers, as of this morning). There is a schedule available, which shows which chapters are now being read and discussed. (As of today it's Chapters 4, 5, and 6.) The #globalrollcall indicates that participating readers hail from locales as diverse as Italy, Brazil, Alaska, the San Francisco Bay area, and Worthington, Ohio

E se as bibliotecas escolares ou públicas se inspirassem neste projecto? Era capaz de ser surpreendente!!

FORMAÇÃO INFORMAL DOS PROFESSORES BIBLIOTECÁRIOS (3)


Hoje foi na ES/3 José Régio (Vila do Conde) e o tema foi REDES SOCIAIS. Abordámos alguns conceitos de base, analisámos tendências e explorámos duas redes: Facebook e Twitter. Queremos alargar o espaço físico das bibliotecas escolares, queremos ir para as novas 'praças', os novos 'cafés', os novos 'ágora'...virtuais onde (quase) toda gente se encontra e interage.

REDES SOCIAIS - O TWITTER EM CONTEXTO EDUCATIVO (2)



E muito mais aqui.

REDES SOCIAIS - O TWITTER EM CONTEXTO EDUCATIVO

domingo, 16 de maio de 2010

AS LEITURAS DE INFÂNCIA DE JOÃO UBALDO RIBEIRO


Claro!... Foi no Blog do Galeno que li esta deliciosa recordação que o escritor João Ubaldo Ribeiro partilha connosco sobre as suas leituras de infância:
Ah, nem conto a vocês como era, fico com medo de acharem que estou mentindo. Mas sei que não estou, quando lembro o dia começando a se esgueirar por entre as frestas dos grandes janelões do casarão térreo em que morávamos, e eu, menino de oito ou nove anos, pulando afobado da cama, para mais uma vez me embarafustar pelo meio dos livros. Quase febril, ansioso como se o mundo fosse acabar daí a pouco, eu nem sabia com quem ia me encontrar e aonde viajaria, em nova manhã encantada. Não havia problemas para eu me embolar com os livros, porque eles não só estavam junto à minha cama, mas espalhados da cozinha ao banheiro, em estantes para mim altas como torres, algumas das quais tão pejadas que volta e meia estouravam, viravam cachoeiras de papel e vinham abaixo, dando a impressão de que as paredes e o chão se dissolviam em livros.

Problema havia na escolha, porque nenhum deles era proibido por meu pai, a não ser, como muito depois ele me contou, os que ele queria que eu lesse, me escondendo sem saber que tinha caído num ardil. Podia ser mais um volume da coleção de Tarzan que eu já tinha lido praticamente toda e não acabava nunca, porque repetia os favoritos. Não, talvez o Dom Quixote, em dois tomos imponentes que eu mal conseguia sopesar e cheio de palavras portentosas que eu não compreendia e não ousava me esclarecer com o velho, porque já conhecia a resposta.
Ler +

O QUE É UM PAÍS DE LEITORES? A INTERNET NÃO ATRAPALHA A LEITURA..


É...o Blog do Galeno está cheio de posts interessantes! Deixo aqui um brevíssimo extracto de uma interessante entrevista feita a Roberto dos Santos Almeida, Presidente da Academia Brasileira de Literatura:
Como o senhor definiria um país de leitores?
Um país de leitores é um país onde as pessoas começam a ler por uma necessidade interior de prazer. Nós percebemos muito isso entre as crianças. As crianças alfabetizadas começam a gostar de historinhas e depois perdem o encanto, muitos deles, talvez pela leitura imposta nas escolas. A leitura deve ser uma responsabilidade adquirida e não uma responsabilidade imposta, deve ser uma obrigação de foro íntimo e não dirigida. Só se aprende a escrever lendo. Eu acredito que só se constroem bons leitores desta forma: pelo ato prazeroso de ler. E isso só será possível se tivermos profissionais da educação, professores, bem preparados, bem remunerados e qualificados.

A internet atrapalha a leitura?
Muito pelo contrário. A internet, se bem utilizada, pode ser um poderoso instrumento de ajuda. Eu não tenho aquela concepção de que a internet atrapalhe no aprendizado. Uma prova do que estou dizendo é o recente lançamento, iPad. No aparelho, quem quiser, poderá armazenar livros e mais livros eletrônicos e ler quando tiver oportunidade; na rua, em casa, em qualquer lugar. O problema é o custo do aparelho no Brasil. As novas tecnologias, se bem aplicadas, podem sim ser uma importante ferramenta. O que acontece é que os jovens estão muito acostumados à prática de copiar e colar de sites como o Google, por exemplo. Eu acredito que as novas tecnologias devem se aliar à educação. Isso facilitaria, e muito, o aprendizado.

PROJECTO - CONEXÃO LEITURA


Diante da linda enseada de Copacabana e com direito à visita guiada ao Forte de Copacabana, crianças e adolescentes, atendidos em sua maioria por projetos, de incentivo à leitura, situados nas zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro, poderão usufruir, durante quatro dias (de 11 a 14 de maio de 2010), de horas de prazer e leitura oferecidos pelo Conexão Leitura, uma rede social formada por seis projetos que têm como missão a democratização da leitura literária.

Atividades como manuseio de livros, encontros com escritores, horas do conto e rodas de leitura fazem parte do evento literário que tem como foco a literatura infanto-juvenil.

A literatura é a conexão, a ponte entre Zona Oeste e Norte com a zona Sul da cidade. Todos juntos através do prazer em ler. Ler +

[via Blog do Galeno]

DOE PALAVRAS


Também do Blog do Galeno vem a divulgação deste projecto de solidariedade que se baseia em ajudar pessoas com cancro com...palavras!!
O Hospital Mário Penna, de Belo Horizonte, que cuida de doentes com câncer, lançou um projeto pra lá de sensacional. É o Doe Palavras. Fácil, rápido e todo mundo pode doar um pouquinho, que nem dói. Basta acessar o site www.doepalavras.com.br e escrever uma mensagem. Sua frase aparece no telão para os pacientes que estão em tratamento. Enquanto fazem químio, podem ler o que escrevemos pra eles.

'LIMPEZA' NAS BIBLIOTECAS BRASILEIRAS


Gostei de ler no Blog do Galeno:
Em São Paulo, o Conselho Regional de Biblioteconomia não dorme de touca. Só no ano passado visitou nada menos do que 600 bibliotecas na Grande São Paulo e no interior. Atrás de irregularidades e para tentar melhorar o exercício da profissão e o atendimento dos leitores, a entidade andou processando de prefeito a governador, para fazer com que todo mundo cumpra a lei.

REVISTA "BLOC"


O nº 5 da revista Bloc já saiu e aqui podem descarregar alguns artigos em pdf.

sábado, 15 de maio de 2010

CONTEÚDOS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO (2)




Decorreu na Universidade do Minho, em Braga, ontem, dia 14. Inúmeros workshops (ver aqui a listagem), uma conferência por Rita Freudenberg, "Teaching and Learning with Squeak Etoys" e um painel com especialistas portugueses a apresentarem vário software educativo em português. Vários 'tuiteiros' fizeram uma atenta divulgação que pode ser seguida aqui.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

O SÍTIO DE ANDRÉ LETRIA

André Letria já tem o seu sítio onde podemos conhecer o seu portfólio, ilustrações, animações... Quando se entramos, levamos muito tempo a sair!...

SE NÃO COMPRAR...NÃO CHORE "LÁGRIMAS DE CROCODILO"...


– O que é que são LÁGRIMAS DE CROCODILO?
– Tu estás a chorar lágrimas de crocodilo.
– Mas o que é que são LÁGRIMAS DE CROCODILO?
– Eu vou explicar-te o que são lágrimas de crocodilo.

Assim começa o livro escrito e ilustrado por André François e publicado em 1956 pelo seu grande amigo Robert Delpire, uma lenda viva da edição e da fotografia francesa. “Lágrimas de crocodilo” é unanimemente considerada como uma obra que ainda hoje se destaca pela sua qualidade artística e indiscutível originalidade. Ler +

Lágrimas de crocodilo por Marcela Carranza (Revista Imaginaria)

Não me transformei em ilustrador da noite para o dia; foi, antes, o resultado da combinação de vários factores.(...) Encontrei um livro intitulado "Lágrimas de crocodilo" de André François e, como costumava contar histórias aos meus amigos da universidade, pensei: "Talvez eu consiga fazer isto". Foi assim que comecei a criar livros para crianças.David McKee


Ilustrações gloriosamente absurdas.The Observer

Há aqui dois ou três crocodilos que me pedem sempre esta história. Joaquim Pereira (Funcionário do reptilário do Zoo de Lisboa)

Prémios

New York Times Best Illustrated Book, 1956


PESSOAS INTELIGENTES...


[via The LoneWolf Librarian]

quarta-feira, 12 de maio de 2010

FALHAR...PARA INOVAR!



NOVO LIVRO DE ANA SALDANHA: TODO-O-TERRENO E OUTROS CONTOS

Acaba de ser publicado um novo livro de Ana Saldanha que não pode ser 'classificado' por idades do público-alvo: infantil, juvenil? Crianças, jovens em ambientes vulgares (casa, rua, escola,...), com problemas 'normais': solidão, assédio, fantasias, sonhos, separações, famílias disfuncionais... Já o li e recomendo sem reservas.
A sinopse reza assim: A história é sempre a mesma. A personagem principal é uma criança entre os cinco e os quinze anos, só e orgulhosa, só e inconformada com a sua solidão, sempre sozinha. (…) À sua volta, há outras crianças e alguns adultos com defeitos e feitios às vezes cómicos, às vezes tão tristes que dão vontade de rir. O tempo é curto e o espaço limitado (…). A criança faz as coisas banais de uma vida infantil e banal: não faz nada. No fim da história, nada parece ter mudado, mas arrastaram-se móveis pesados, limparam-se os cantos à história de sempre (…). É preciso abrir a janela, arejar esta casa.

CONTEÚDOS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO


A conferência da Dra. Rita Freudenberg e o Painel "Conteúdos Educativos: Realidade e Futuro" serão transmitidos online.
Para quem não vai participar pode seguir essa fase dos trabalhos através da Internet, com o Internet Explorer, no URL http://www.nonio.uminho.pt/jcde2010/?page_id=108
Caso não utilize o Internet explorer, pode acompanhar a transmissão abrindo o URL http://streaming.uminho.pt/jcde no Windows Media Player ou em sistemas Mac ou Linux usando o VLC (download gratuito em http://www.videolan.org/vlc/)

O CORAÇÃO E A GARRAFA DE OLIVER JEFFERS - versão audiobook



[via Letra Pequena]

segunda-feira, 10 de maio de 2010

REVISTA ALICE


A revista Alice renasce em formato digital e deixo o sumário para 'abrir o apetite':
Editorial maio/junho 2010 // Colecção Alice jigsaw puzzle // Um lindo trambolhão manuel s. fonseca // Nuno Artur Silva o programador de histórias 1 // Nuno Artur Silva o programador de histórias 2 // O Maquinista spoken word // Alva Design alva vs. alice // Margarida Vale de Gato línguas de gato // Dançar com Zurlini um verão violento e o deserto dos tártaros // Alice e Dolores num barco a remos pedro piedade marques // MUDE entrevista a bárbara coutinho // O meu Moleskine eduardo salavisa // Pó dos Livros entrevista a Jaime Bulhosa // A primeira Alice no cinema cinema maravilha // A marca da minha vida levis // Anuário do CCP um anuário digital //Fragmentos de uma ruptura amorosa o livro de leanne shapton // Era uma vez as Fábulas uma visita ao bistrôt // A heroína mais jovem da história helena vasconcelos //

AS NOSSAS BIBLIOTECAS SÃO BONITAS!(6)

Esta é a biblioteca da EB23 de Gueifães (Maia).
Related Posts with Thumbnails